quinta-feira, 16 de abril de 2009

Os justiceiros da TV e do cinema- Matéria Revista QUEM


A vez das mulheres

No seriado “A Lei e o Crime”, da Record, que deve ganhar uma nova temporada em 2010 devido ao grande sucesso neste ano, a delegada Catarina (Francisca Queiroz) batalha para combater os crimes no fictício Morro da Alvorada, no subúrbio do Rio. O universo da violência e do tráfico nos morros cariocas já havia sido abordado pelo autor Marcílio Moraes na novela “Vidas Opostas”. Na trama, a íntegra delegada Maria do Carmo (Raquel Nunes) batalhava contra as falcatruas do inescrupuloso delegado Denis Nogueira (Marcelo Serrado). Em 1997, Globo apostou na série "A Justiceira". A história tinha como pano de fundo a história da ex-policial Diana, interpretada por Malu Mader, que volta a combater o crime para salvar seu filho seqüestrado por traficantes. O seriado obteve grande sucesso, mas durou apenas 13 episódios por conta da gravidez da atriz.

Veja a matéria completa:

Fonte:http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI68471-8224,00-OS+JUSTICEIROS+DA+TV+E+DO+CINEMA.html

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Cena de Prova de Amor -Reprise (14/04)


Foi ao ar ontem (14/04) a cena em a Tia Magica e o Velho Gui encinam as crianças a fazer magica...

Nívea Stelmann comemora aniversário com amigos e familiares




Nívea Stelmann completou 35 anos nessa segunda-feira, 6, e postou algumas fotos da comemoração em seu blog, hospedado no Bloglog. A atriz recebeu a família, os amigos – como a gravidíssima Samara Felippo, Rosane Gofman, Raquel Nunes, a ex-paquita da rainha dos baixinhos, Andréia Sorvetão, seu namorado Thierry Figueira e seu ex-marido Mário Frias.

terça-feira, 14 de abril de 2009

A Lei e o Crime 13º Episódio

Um dos enfoques do décimo terceiro episódio será o relacionamento amoroso dos principais personagens. Nando (Ângelo Paes Leme) confessa para Olímpia (Raquel Nunes) que teve um caso com Lacraia (Aline Borges), mas garante que o romance já terminou. Leandro (Heitor Martinez) pede para Catarina (Francisca Queiroz) adiar a separação com Renato (Eduardo Lago), porque ele decidiu marcar um encontro com Valter (Reinaldo Gonzaga), Trancoso (Roberto Pirillo) e o marido dela. Leandro propõe fazer um acordo para que eles o livrem da corregedoria. Em troca, ele não tornará pública as “peripércias políticas” de Valter, Trancoso e Renato.
.
Já Rosa (Gabriela Durlo) está decidida: quer se separar de Romero. O policial, no entanto, não quer nem ouvir falar em separação. E, para “provar a força de sua opinião”, acaba sendo violento com a esposa. Tião (André Ramiro) também terá um comportamento violento. Como Josefa (Adriana Prado) não quer engatar um romance com ele, Tião simplesmente a agarra.
.
O episódio ainda contará a história curiosa dos mendigos Arminda (Vilma Melo) e Antenor (Marcos Suchara). Ele será assassinado e a principal suspeita é Arminda, que teve um filho com ele, Toinho (Samuel Lins). Considerada louca por todos, Arminda contará com a persistência de Catarina para descobrir o verdadeiro assassino. A reviravolta no caso acontece quando Araújo (Rogério Brito) encontra um cartão de identidade com uma antiga foto 3x4 de Antenor, com a inscrição de uma matrícula do São Paulo Tenis Club.
.
Imagem: Rede Record / Fonte: Rede Record

A Lei e o Crime Raquel Nunes fala de seu primeiro trabalho, pós-maternidade

Depois de emendar vários trabalhos, Raquel Nunes passou um tempo afastada da tevê. E isso aconteceu por conta de um motivo todo especial: a maternidade. Isso mesmo, a atriz deu à luz a Bernardo, há pouco mais de um ano, e fez questão de cuidar exclusivamente do pequenino, até ele completar oito meses de idade.

Desde então, a morena de 31 anos, que começou a carreira aos sete, com a participação de seu grupo de dança num filme de Os Trapalhões, integra o elenco de A Lei e o Crime, da Record.

No seriado, Raquel dá vida à sofrida Olímpia, personagem do núcleo central da trama de Marcílio Moraes, que é apresentada às segundas-feiras.

Ela também já atuou em importantes novelas, como as globais Lua Cheia de Amor, Malhação, Era Uma Vez, Vira-lata, A Padroeira, Kubanacan e Celebridades, além de ter participado do programa Zorra Total e da minissérie O Quinto dos Infernos.

Sua carreira na Record começou em 2005, onde intrepretou Júlia, em Essas Mulheres, Prova de Amor, Vidas Opostas, Caminhos do Coração e na primeira fase de Os Mutantes.

Durante conversa com O Fuxico, Raquel fala dos prazeres da carreira e da vontade de fazer uma vilã.

OFuxico -
Você se considera realizada, profissionalmente?
Raquel Nunes - Imagina! Somos insaciáveis! (risos) Me sinto privilegiada por fazer o que amo, por ter as oportunidades que tenho, por estar participando desse trabalho tão lindo, intenso e importante na teledramaturgia. Devido a isso tudo, estou realizada em parte sim, mas não totalmente.

OF - Sonha em fazer algo que nunca fez?
RN - Ainda tenho muito para aprender, fazer, conhecer, viver... Dentro disso, cabe a meu sonho de interpretar personagens diferentes de mim, de outro universo emocional, complexos, como uma vilã.

OF - Como é sua personagem em A Lei e o Crime e o que vocês têm em comum?
RN - A Olímpia é maravilhosa, sou apaixonada por ela! Uma mulher que ama demais e é também muito amada. Voltada para o lar, a família, dedicada, honesta e fiel. Vive num mundo difícil, se deparando com situações dramáticas, mas tem força para ir superando tudo. E busca essa força no seu amor pelo Nando, o homem de sua vida. Acho que temos em comum esse amor pela família e a força, que fica escondida atrás de uma certa fragilidade.

OF - Você tem emendado vários trabalhos, não? Pretende tirar férias?
RN - Na verdade, antes de engravidar, emendei sim. Mas depois dei uma pausa, em decorrência da gravidez. Voltei a trabalhar quando meu filho estava com oito meses. Fiquei esse tempo todo com ele, integralmente, o que foi muito bom e importante para os dois! Mas, confesso que não pretendo parar mais tão cedo. Férias, não! Se puder, continuo emendando um no outro...

OF - Mas, gosta de ter um tempinho livre, né? Nessas horas, o que gosta de fazer?
RN - No meu tempo livre, curto até não poder mais meu Bernardo e meu marido. Leio meus livros, vejo meus filmes, faço meus programinhas light com os amigos, entre outras coisas.

Fonte: http://ofuxico.terra.com.br/materia/noticia/2009/04/09/raquel-nunes-fala-de-seu-primeiro-trabalho-pos-maternidade-109601.htm